31 de mai de 2013

Por que as mulheres traem?



A época contemporânea trouxe muitas evoluções no quesito igualdade entre os sexos. Hoje a mulherada definitivamente conquistou  o seu espaço no mercado de trabalho, conquistando direitos e deveres que antes eram inerente ao gênero masculino. Passamos a assumir cargos de diretorias de multinacionais, executivas,...assumimos cargos públicos que antes somente o gênero masculino tinham o privilégio de ocupar. Dirigimos nossos próprios carros, temos nossa própria conta bancária...em fim, nos emancipamos do domínio machista e da dependência, tanto financeira quento emocional do homem.

Infelizmente, ao meu modo de ver, também nos igualamos aos homens em alguns aspectos negativos. Agora bebemos e usamos entorpecentes tanto quanto eles. Também não queremos mais aquele tipo de relacionamento sério e duradouro como era antigamente...a realização profissional está à frente da realização  matriarcal, como era. (claro que estamos aqui não generalizando, entendam...) E também passamos a trair mais...como eles sempre fizeram.

A mulher é diferente do homem, emocionalmente falando. Ela é emotiva, atenciosa, quer carinho, aconchego e proteção. Com a falta de compromisso dos "homens" de hoje, a mulher passou a ficar com mais responsabilidades dentro e fora de casa, como também passou a ficar mais tempo sozinha. Esses fatos aliados aos primeiros, apontam para um crescimento contínuo da quantidade de mulheres que traem seus companheiros.

Enquanto o homem trai por prazer e por achar sexo fácil em momento propício, a mulher no entanto, trai por emoção. Essa é a regra, não a exceção. Muito difícil encontrar mulheres que trai seus companheiros de longa data exclusivamente por causa de sexo, como acontece com os homens. Normalmente, quando elas se deixam levar é porque já não estão tão ligadas nos seus companheiros e passam a procurar em outros, o sentimento que antes existia em casa.

Mulher trai por amor. Mulher trai porque quer conhecer outros sentimentos. Saber como é estar com outros homens. Mulher trai porque seu relacionamento já não tem futuro.

É isto o que diferencia a traição entre homens e mulheres.
Não quero entrar no mérito se isso é certo ou errado agora. Quero apenas enfatizar que, até quando as mulheres agem errado, o fazem com sentimento e coração e não por emoção e por aventura, como ocorre com o gênero masculino.

Portanto rapaziada, se você foi vítima de alguma mulher que o traiu, pode ter certeza que você pisou no abacaxi em algum momento do relacionamento. É claro, mais uma vez enfatizando, existem as que traem porque gostam de trair. Mas é a grande minoria...mulher só trai ou porque ama outro e não soube esperar o momento adequado para se relacionar, terminando primeiro com seu malogrado relacionamento e somente depois caindo de cara num novo romance, ou trai porque foi traída e quer dar o troco na mesma moeda.

Acredito que, independentemente do motivo, a traição é sempre ruim, pra quem foi traído, mas principalmente para quem trai. Não importa os motivos, as razões ou situações que levaram à traição.





Read More

5 de mai de 2013

Como desmamar

Toda mamãe mais cedo ou mais tarde se deparará com a seguinte questão: Quando e como desmamar o filho(a). Se é verdade que o aconselhável é que a criança mame até os dois anos de idade, sendo que nos seis primeiros meses seja exclusivo o aleitamento materno, também é verdade que na hora de desmamar as mulheres passem por um doloroso processo.

A questão aqui tratado não é quando, mas sim como desmamar. Várias amigas e conhecidas me perguntam o que fazer ( já que tenho alguma experiência no assunto e posso responder) e falo aqui como falo para elas: não é nada fácil o processo de desmame.

Vários fatores influenciam na decisão da mulher de desmamar, tais como, trabalho ( não conseguir conciliar tempo e amamentação), idade ( tem bebês que passam dos três anos mamando) e por questões pessoais como não conseguir dormir porque o pequenino não pára de mamar durante a noite etc.

O que primeiro você tem que entender é que este processo é na verdade uma violência tanto para a mãe como para o bebê. Portanto, nada de da noite para o dia, retirar o peito do pequenino. Primeiramente vá retirando durante a noite e depois que ele já estiver acostumado, durante o dia.

Não é raro também as mulheres recorrerem a soluções que digo que são desastrosas para esta experiência. algumas colocam todo o tipo de substância no seio: pó de café, babosa, óleo de cozinha, etc, para fazer os pequenos estranharem o sabor e consequentemente rejeitarem o peito. Mas tenho uma má notícia para dar. Esta técnica é altamente falível porque você não vai querer ficar sujando roupa em cima de roupa para isto, além, claro, de este procedimento ser altamente retrógrado.

A resposta é simples mamãe: simplesmente não dê o peito. Ofereça no lugar da mamada no seio outro tipo de alimentação recomendada por um pediatra e nutricionista ( para isso é obrigatoriamente necessário consulta com estes especialista, claro). Mas vale a pena.

No começo a mulher sente tanto desconforto físico e emocional ao ver o pequeno chorando querendo o peito que a grande maioria acaba não suportando e cedendo, ficando mais difícil a tarefa na próxima tentativa.

O apoio da família é imprescindível neste período. Posso garantir que na maioria das vezes a mãe sofre mais  do que o filho, haja vista que o seio dói pelo acúmulo de leite, podendo até ter febre e outras complicações decorrentes do não retiramento do leite e pelos apelos do pequenino. Portanto mãe, seja forte. Faça tudo direitinho. Resista aos chorinhos do seu filho. Dê toda a alimentação prescrita pelos especialistas nos horários determinados e tenha cuidado para que o leite acumulado não fique empedrado no seio. 

Fazendo tudo isso e tendo todos os cuidados necessários, com uma semana ou menos, seu filhote já terá deixado de mamar no seio.

Mas não fique triste. Embora seu bebê esteja crescendo, ele continuará dependente de você mesmo depois de adulto:p




Read More

24 de abr de 2013

A verdadeira Crise.

Muito se tem falado sobre a crise econômica mundial de 2008 que abalou os alicerces da atual divisão sócio-econômica no mundo. Todos preocupados com a posição financeira, econômico, social dos seus países, com os problemas que advém da tal crise, etc, etc, etc.

Mas não podemos colocar a carroça na frente dos bois não é verdade? A maior crise não é a financeira, como muitos pensam. Mas a crise humana.

Sim, esta crise é a mais preocupante, porque dela procede as maiores catástrofes e nisso se inclui as da natureza, financeira, social...Tudo em fim, absolutamente está em crise. Porque nós, seres humanos, estamos em crise.

Mas que crise seria esta?
A da desvalorização da vida, afinal nunca sofremos tanto pela banalização e coisificação da vida humana.
A da perda dos valores e conceitos humanos...

Num mundo onde matar outrem é "normal", atrocidades, barbáries, genocídios, infanticídios, legalização da destruição da vida, como no caso do aborto, não podemos dizer que o ser humano é o foco principal de quaisquer governo ou de quaisquer classes. Não...O que interessa é fabricar pessoas para serem controladas, não para serem respeitadas.

O que esperar da humanidade onde o TER é mais importante do que o SER?

O que esperar da humanidade onde milhões e milhões de pessoas morrem de inanição e milhões de toneladas de comida são jogados fora todos os dias?

O que esperar da humanidade que fecha os olhos perante o sofrimento do outro?

A perda dos valores morais e éticos é outro fator determinante para tal crise humana. Como se organizar se tudo é válido, onde todos podem tudo? A "liberdade democrática" tão falada e desejada, não é senão a vontade da liberação do ser humano das obrigações dos deveres. Teremos somente direitos. Deveres, só o que interessa. Assim, fica fácil prever um colapso nas relações humanas e consequentemente., crises e mais crises...

A partir do momento em que o ser humano se conscientizar de que antes dos direitos, vem os deveres, e que regras não são para escravizar mas para melhorar as relações por sermos heterogêneos, poderemos enxergar os verdadeiros motivos das outras crises.

Capitalismo, socialismo...pura baboseira! Não podemos nos esquecer de que, antes de cuidar do desenvolvimento da economia, é preciso antes de mais nada, descobrir o que rege o ser humano. Quais os parâmetros e quais conceitos temos que seguir...afinal somos heterogêneos e diferentes. Nossa essência é por natureza a da exploração e a da destruição. Se não mudarmos nosso foco, não há classe ou sistema que mudará os parâmetros financeiros. Porque nós, seres humanos, vamos nos explorar tanto, que acabaremos por nos destruir.



Read More

14 de abr de 2013

Facebook e seus polêmicos pedidos de curtidas.

Facebook é realmente uma terra estranha. Um "universo" à parte. Lá a gente encontra de tudo e todos os tipos de pessoas. E através desta rede social em que muitos expõe sua vida e sua rotina sem atentarem ou sem se importarem com os riscos que essa atitude pode lhes advir, vejo quão grande é o apelo de certas pessoas/páginas para receber as tão famosas curtidas.

Quem nunca visualizou uma foto marcante de algum bebê na UTI por exemplo, todo entubado, ou pessoas com membros dilacerados e uma frase acima da foto: Quantas curtidas essa pessoa merece?

A verdade que o facebook se tornou uma ferramenta apelativa, viciante, e extremamente superficial. Se por um lado é verdade que com ela os relacionamentos se estreitaram, muitas pessoas conseguem uma renda extra, a notícia passou a ser quase que instantânea, por outro se tornou a terra das aparências em que você é impelido a curtir fotos de pessoas doentes, dilaceradas, ou forçadas a provar seu amor e estima pelas pessoas através de pedidos de curtidas e compartilhamentos.

por que, por exemplo eu tenho que provar minha amizade por alguém simplesmente compartilhando sua foto?


Na minha singela opinião, se uma pessoa que eu considero amigo me sugerir um post destes, eu vou ficar chateada. Por que? Porque amizade é algo que é provado com atitudes e não com compartilhamentos. Eu posso odiar uma pessoa, mas para parecer "boazinha" na sociedade, eu compartilho a tal imagem. Isso é apelação, mais que degradante.

Ou por que eu tenho que mostrar que admiro a luta que uma pessoa enfrenta com alguma enfermidade, sua coragem e persistência só com curtidas em suas fotos?

Esta foto tinha a inscrição: Quantas curtidas essa princesa merece?

As pessoas, para se mostrarem humanas e solícitas, curtem a foto, mas se esquecem de que esse seu procedimento só está beneficiando o dono da página, porque a pessoa em si mesmo não tem benefício algum. Se queremos ajudar alguém, não é simplesmente com curtidas e/ou compartilhamentos, mas com AÇÕES, atitudes ou se não estiver em nosso alcance, com orações e pesamentos positivos.


E o pior é que as pessoas se sentem realmente intimidadas por esta apelação e acabam compartilhando.
Os cínicos iram me responder: O facebook é meu e eu posto o que eu quiser.

E eu direi: Tem toda razão!

Eu estou colocando um fator que torna essa rede social tão supérflua e insensível que tira dela os verdadeiros atributos a que poderia servir.

Exemplo: Se ao invés de pedir curtidas, quem postou a foto não pedisse doações, orações, pensamentos positivos...qualquer coisa que rendesse algo para o interessado e não somente para o dono da página? Sim porque as pessoas pensam que em curtir ou compartilhar a foto, ela já deu a sua contribuição e fica o dito pelo não dito e nada de concreto advém daí. A pessoa continua com seu dilema e o dono da página com centenas de milhares de visualizações.

Essas duas primeiras fotos são exemplos de milhares que já vi no mundo facebook. Fico triste e pensativa. Por que as pessoas apelam tanto para conseguir visualizações? Essas duas primeiras fotos aí, somente elas duas, tiveram juntas quase 600.000 curtidas e compartilhamentos.

Não tenho que demonstrar meu amor e estima, por Deus ou pelos amigos, curtindo fotos e status.
Não acho que expor de maneira tão grotesca as infelicidades das pessoas seja motivo de alguém curti, ou fazer outros curtirem.

Cada um faz o que quiser em redes sociais. Isso é fato e não questiono isso. Mas fazer com que essa ferramenta seja mais concreta com ações, talvez e somente talvez quem sabe, se alguns não se tornariam mais humanos e menos "virtuais".

Read More

11 de abr de 2013

Calças caídas mostrando a cueca.

Navegando pela net achei esta informação...como sempre achei horrível esta tendência e presumindo que muitos jovens que aderiram a este estilo não sabiam desta informação, então resolvi publicar.

Espero que gostem:)


Read More

Silas Malafaia responde ao gay que chamou cristãos de desgraçados

Isso vai longe...Silas Malafaia responde ao homossexual que chamou cristãos de desgraçados.
E eis que todos brigam por aquilo que lhe interessa.



Read More

10 de abr de 2013

Entendendo o universo masculino? impossível.



Vamos fazer uma analogia sobre o universo masculino...de como eles enxergam uma mulher pela primeira vez.

Está de saia curta, vestidinho, umbigo de fora------------------------------------------dá pra pegar.
Está bonitinha e bem comportada, sorri sem exagero e não chama a atenção-------dá pra casar.
Está numa roda de cerveja com mais amigas do que se pode contar---------------------dá pra pegar.
Está lendo ou simplesmente admirando a paisagem--------------------------------------dá pra casar.
Se dança o todo enfiado----------------------------------------------------------------dá pra pegar.
Já saiu com metade do bairro-----------------------------------------------------------dá pra pegar.
É inteligente e auto confiante------------------------------------------------------------dá pra casar
Tem uma bunda enooorme--------------------------------------------------------------dá pra pegar/casar.
Trabalha--------------------------------------------------------------------------------dá pra casar/pegar
Não trabalha---------------------------------------------------------------------------dá pra pegar/casar
É bonita--------------------------------------------------------------------------------dá pra pegar/casar
É feia-----------------------------------------------------------------------------------depende da seca.
É ciumenta------------------------------------------------------------------------------tá fora.
Só vai a balada de baile funk-----------------------------------------------------------dá pra pegar.
Não sai ou sai muito pouco------------------------------------------------------------opa, essa é pra casar.


Se comportou como uma dama, cuida dos filhos, da casa e do marido........................casamento, ou seja, monotonia, ficar dentro de casa, assistindo tv...
Se é uma piriguete de primeira categoria, que só gosta de baile funk, mini sai e micro vestidos e bebe e fuma mais que vários homens....altas baladas, curtição, apresenta para todos os amigos...

Agora pergunto, dá para entender?


Read More